9 Mitos Sobre o Pilates

7 Benefícios do Pilates
15 de setembro de 2016
Pilates Vs Academia
29 de dezembro de 2016

9 Mitos Sobre o Pilates

Existem alguns mitos sobre o Pilates que você precisa saber, que talvez te impeçam de começar.

 

Poucas pessoas sabem o que é o Pilates de fato. As pessoas não sabem, por exemplo, que o método começou como um programa de reabilitação para soldados feridos durante a Primeira Guerra Mundial. Não sabem que Joseph Pilates (o criador do Pilates) era um boxeador. Não não percebem que o reforço do grupo muscular  do tronco “core” pode melhorar seu desempenho na pratica de esportes.

A verdade é que Pilates permite que atletas e praticantes de varias atividades com a dança tenham a força do core aumentada, melhor flexibilidade, estabilidade, equilíbrio, postura, alinhamento e coordenação. Infelizmente muitas pessoas vêm o Pilates como uma “modinha”, um alongamento estiloso, exercícios para mulher e idosos, ou “algo para bailarinos.”

 

Vamos neste artigo desmistificar algumas crenças comuns a respeito do Pilates.

 

1º Mito: Pilates foi desenvolvido para dançarinos.

 

pilates-dancarinos

 

Joseph Pilates era um boxeador e ginasta. Suas teorias sobre como o corpo se move foram inicialmente desenvolvidos na Primeira Guerra Mundial em um campo de prisioneiros de guerra, onde ele serviu como um médico. Ele começou a colocar suas teorias em prática, anexando molas às camas de hospital para ajudar a reabilitar soldados feridos.

Hoje em dia os equipamentos de Pilates ainda usam molas para criar resistência. Quando Joseph se mudou para Nova York, dançarinos foram naturalmente atraídos para a sua reabilitação e técnicas preventivas, devido ao elevado número de lesões que eles apresentava. Daí surgiu a ideia que o método foi criado para dançarinos, na verdade foram os primeiro a perceberem os benefícios das series de exercícios de Joseph Pilates.

 

2º Mito: Pilates é uma moda recente.

 

pilates-moda

 

Joseph Pilates desenvolveu pela primeira vez sua filosofia e técnica para o movimento na década de 1920 e 1930, refinando seu método até sua morte em 1967. Mas foi a partir da década de 1990 que o Pilates cresceu em popularidade. As estrelas de Hollywood e celebridades descobriram que os exercícios deixavam seus corpos esguios e tonificados como todos almejavam. Isso proporcionou que o Pilates ganhasse fama mundial.

 

3º Mito: Pilates é só uma palavra chique para alongamento

.

 

pilates-alongamento

 

Pilates é muito mais do que apenas alongamento. Os exercícios desenvolvem força total do corpo e flexibilidade ao mesmo tempo, o que resulta nos músculos longos, magros e fortes de um atleta de alto nível.

A flexibilidade foi uma ideia bastante polemica no início do século 20! Mas Pilates viu que músculos longos e magros eram menos propensos a lesões e dores. Músculos encurtados também puxam a estrutura da coluna vertebral causando dores no pescoço e nas costas.

Joseph Pilates acreditava na eficiência. As técnicas de Pilates constroem força e flexibilidade ao mesmo tempo. Para cada movimento de força, há um de alongamento correspondente. E estes não são seus alongamentos típicos também. Os movimentos criados por Pilates incluem fluidez, alongamentos dinâmicos. A maioria dos novatos no Pilates nem sequer percebem o quanto seus músculos estão encurtados começam a ver (e sentir) os resultados de uma maior flexibilidade.

 

4º Mito: Pilates é como qualquer outro treino abdominal.

 

pilates-abdominal

 

As técnicas de Pilates foram desenvolvidas para construir um core forte, especialmente os  músculos abdominais mais profundos abaixo do “tanquinho” pois são utilizados para a estabilidade. Joseph Pilates acreditava que cada movimento que fazemos é iniciado a partir do centro dos  músculos abdominais. Então, quando os alunos novatos perguntam: “Quais tipos de exercícios abdominais vamos fazer?” a resposta é: “Todos eles”.

Flexões e agachamentos desenvolvem os grandes músculos externos, como o reto abdominal que lhe dá a aparência “barriga tanquinho”. Pilates trabalha não só os músculos superficiais, mas os músculos abdominais mais profundos tambem.

Estes músculos mais profundos, como o Abdominal Transversal, são os que nos permitem ficar de pé. Eles dão estabilidade à coluna vertebral e cintura pélvica – um elemento essencial em atividades do dia-a-dia como abaixar para pegar objetos ou simplesmente para ficar muito tempo sentado.

Muitos exercícios não trabalham os músculos abdominais isolados de forma eficaz. Os atletas que usam seus quadrícipes para realizarem abdominais terão uma surpresa com Pilates. Quando o equipamento de Pilates isola os movimentos dos músculos do abdômen dos músculos do quádriceps, muitas pessoas ficam surpresas ao descobrirem que são incapazes de realizarem os exercícios.

 

5º Mito: Pilates é um conjunto de exercícios especiais.

 

pilates-movimentos-especiais

 

Pilates não é uma mistura de exercícios. Mesmo exercícios específicos que Joseph inventou, como centena de outros, não é considerado Pilates se as técnicas não são utilizados.

Pilates é uma técnica de movimento eficiente, natural e livre de dor.

Os exercícios de Pilates específico do golfe são possíveis porque eles utilizam o método Pilates. É ainda possível treinar alunos de academia hard-core nos levantamentos pesos, utilizando a técnica de Pilates para alcançar resultados melhores e mais seguros.

Pilates afeta a maneira como você se move no seu cotidiano. Ele afeta a maneira de andar, a maneira como você se equilibra, e a sua força ao executar tarefas.

Com a prática, você acabará naturalmente movendo-se usando a técnica do Pilates sem ao meno sequer pensar nisso. Você pode, por exemplo, caminhar em um terreno elevado contraindo o abdômen como se sempre tivesse andado assim. Ao contrair o abdômen você equilibra a coluna e evita dores.

 

6º Mito: Pilates precisa de equipamentos especiais.

 

pilates-equipamentos

 

Os equipamento de Pilates de Studio são construídos para oferecerem resistência aos movimentos, o que traz um avanço mais rápido aos resultados. No entanto, você pode conseguir benefícios semelhantes ao usar uma bola suíça, rolo de espuma, ligas de resistência e um circulo mágico. Existe também a cadeira de Pilates que é bem compacta que da para ter em casa tranquilamente.

 

7º Mito: Pilates não é de fato um treinamento.

 

treinamento-pilates

 

Algumas pessoas mais acostumadas com treinos pesados, relatam que nos primeiros dias se sentem decepcionadas. Pelo fato de não estarem suando e sentindo que não estão evoluindo, pois muito associam a falta de folego com um verdadeiro treinamento.

Mas no decorrer dos dias os alunos vão entendendo o que o método significa, que é a ideia de trabalhar a partir de seu core. Depois de alguns meses é possível sentir-se mais flexível e forte como nunca esteve antes, alem de alguma perda de peso.

Em primeiro lugar a experiencia com o método do Pilates mostra que é preciso reaprender a se mover. Os exercícios iniciais são fáceis pois você precisa preparar sua base de movimentos para os treinos mais difíceis que irão surgir

Em segundo lugar, Pilates não trabalha os músculos até a exaustão. Isto significa que você pode praticar Pilates todos os dias. Pilates concentra-se em  movimentos perfeitos controlados e precisos em vez de repetitivos,  desgastante e que não requerem concentração.

Em terceiro lugar, o Pilates trabalha os músculos mais profundos e grupos musculares mais superficiais. Então você pode de inicio não sentir muita diferença, mas ao longo prazo os resultados são mais significativos.

 

8º Mito: Pilates é igual a Yoga.

 

yoga-pilates

 

Joseph Pilates foi influenciado pelo Yoga, bem como outras atividades físicas, tais como artes marciais, Tai Chi, boxe e ginástica. Assim com Yoga o Pilates desenvolve força e flexibilidade.

Pilates difere de Yoga em muitos aspectos. Na Yoga é preciso manter uma posição. Em Pilates você não costuma ter uma posição, mas sim se mover através dela.

Tradicionalmente, Yoga não enfatiza o fortalecimento do core como no Pilates. Algumas aulas de Yoga contemporâneo que colocam mais ênfase no core provavelmente foram influenciadas pelo Pilates.

O Pilates não veio de uma doutrina espiritual. Muitas pessoas acham que é um grande alívio para o estresse, pois o Pilates requer movimentos concentrados em vez de uma repetição mecânica. Um dos conceitos de Joseph é executar cada movimento com foco e concentração.

 

9º Mito: Pilates não é para homens.

 

pilates-homens

 

A maioria dos praticantes de Pilates são do sexo feminino, isso ocorre porque foi criada a ideia de que é algo feito para mulheres, talvez por conta da suavidade dos movimentos o que normalmente fasta os homens que na maioria preferem atividades mais pesadas. Porem não se engane pra ticar Pilates pode ser tão difícil e pesado quanto se queira.

Os exercícios do Pilates trazem benefícios que servem para todos. No caso dos homens que são atletas ou que praticam esportes como ciclismo o Pilates é excelente para ganho de resistência e prevenção de lesões. Alem disso alivia e até elimina dores nas costas, um beneficio que independe de gênero.

 

Verdade: Pilates vai melhorar a saúde de seu corpo como um todo.

 

antes-depois-pilates

 

Exercitar e manter todas as funções do seu corpo é possível através do Pilates. Músculos fortes e alongados que facilitam a execução de suas atividades diárias.

Com o avanço da idade ações simples se tornam complicadas como apanhar objetos no chão, ficar de pê por muito tempo, calçar os sapatos etc. Sem contar as dores nas costas e joelhos que são típicos depois de um tempo. Por isso é importante trabalhar seu corpo como um todo, não só o crescimento muscular e aeróbico. O ideal é que seu corpo funcione de forma plena.

 

Aproveite e veja 7 benefícios que o Pilates pode te trazer e entenda mais sobre o assunto.

 

Como Joseph Pilates costumava dizer: “Em dez sessões você vai sentir a diferença, em vinte sessões você vai ver a diferença, e em trinta sessões você terá um corpo totalmente novo!”

 

Se você deseja conhecer e sentir toda essa maravilha que o Pilates pode te oferecer venha marcar uma Aula Experimental Grátis conosco. Clique aqui e se cadastre para marcarmos um horário ideal para você.

Tudo de bom e ate a próxima.

9 Mitos Sobre o Pilates
Avalie esse conteudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Shares
Share This
X