Posts In: Sem categoria

Pilates Vs Academia

29 de dezembro de 2016

Pilates VS Academia – Entenda a Diferença

É comum que as pessoas quando resolvem procurar por uma atividade física alternativa a academia cogitem fazer Pilates. Porém é mais comum ainda quando confrontam o valor das mensalidades de cada uma optem por continuarem na academia, afinal alem de ser mais barata muitas das vezes é possível realizar mais de uma atividade como aeróbica e artes marciais.

 

No entanto esse tipo de comparação nem sempre é adequada.

 

Seria como comparar uma atividade tipo corrida a natação e esperar que ambas entreguem de forma idêntica os mesmos resultados e benefícios. Apesar de serem atividades excelentes para o trabalho cardio-respiratório, é fácil notar que os benefícios nos membros superiores é mais evidente quando se pratica natação.

 

Por isso é importante que as pessoas sejam esclarecidas do que se deve esperar de cada atividade física, não é questão de uma ser melhor ou pior mas o que é mais adequado ao que  o cliente deseja.

 

Umas das maiores objeções que existem para quem pretende fazer Pilates é o preço, no entanto essa situação acontece porque a maioria das pessoas não sabe direito quais todos os benefícios que o Pilates pode entregar.  Aqui vale a frase “Você recebe o que você paga”. Se você for observar é comum a quantidade de pessoas que se matriculam em academias e pouco frequentam as aulas, ou não conseguem o resultado que esperado.

 

Acredito que boa parte da causa disso se dá pelo fato das pessoas não saberem direito o que desejam, e pouco conhecem sobre o funcionamento do próprio corpo e como as atividades físicas atuam sobre ele.

 

As vezes sabem a importância de um trabalho cardio-respiratório, mas não sabem a importância de exercitar os músculos de seu Core (Basicamente o tronco do seu corpo), não sabem se as fibras musculares que certo exercício trabalha é superficial ou profunda. Não que seja obrigação do aluno saber tudo isso, mas é essencial que seu instrutor explique o efeito de cada treino sobre seu corpo, e assim saber o que esperar.

 

Qual escolher? A academia é um local que oferece exercícios intensos e que podem melhorar seu corpo, o deixando esteticamente muito bem. Por outro lado você tera que esperar sua vez para dividir aparelhos, muitas vezes suados, enquanto passa de uma serie para outra. Muitas das vezes você realizara series extremamente pesadas que te deixara dolorido e com dificuldades para se mover no outro dia.

 

Alunos de Pilates não sofrem de lesões nos treinos e não ficam impedidos de frequentar as aulas. Normalmente são assíduos e acabam praticando por anos. Alunos de academias, claro sem generalizar, muitas das vezes estão insatisfeitos com as aulas, principalmente por não receberem um mínimo de atenção, e agrande maioria que paga as aulas não tem muito comprometimento em frequentar. Mesmo as aulas custando menos, o aluno que não frequenta a academia de forma regular acaba jogando dinheiro fora.

Sobre essa situação é preciso dizer que você deve estar comprometido com a atividade física em que você escolheu fazer, e não forçar-se em uma rotina de treinos que não combinam com seu estilo de vida. Se você odeia ficar dolorido e sente-se forçado ao entrar em uma academia, essa situação acaba se contradizendo com que deveria ser uma vida saudável. Se você é ciente de que não terá disposição de acordar cedo para ir a uma academia ou mesmo depois do trabalho já se sentirá exausto e também quase não frequentará, acredito que é melhor parar de gastar dinheiro a toa nas mensalidades.

 

Outro ponto importante é que o Pilates precisa superar certos estigmas.

 

Um deles é o preço. Eu sei que para grande parte da população a mensalidade do Pilates está fora da realidade. Porém acredito que academias criaram uma falsa impressão do custo necessário para mantermos nossa saúde. As academias lucram em cima do numero de alunos, e não no resultado alcançado por eles. Desta forma não existe uma quantidade suficiente de professores habilitados que podem te ajudar a alcançar seus objetivos.

 

Na academia, a não ser que você contrate um personal trainer, você entra pra treinar sozinho. No entanto se isso é tranquilo pra você, ótimo, mas como eu disse anteriormente, esse esquema não funciona pra grande parte de quem se matricula.

Os custos fixos com um Studio de Pilates são elevados e a quantidade de alunos é reduzida, desta forma não há um muitas opções para a redução de preço.

 

O Pilates também está cheio concepções erradas. Alguns pensam que é só alongamento. Trabalhamos com alguns atletas do ciclismo masculino que ficaram muito surpresos quando perceberam o quanto o Pilates pode ser desafiador para o seu condicionamento de força. Outros pensam que é “coisa de mulher”. Já outros acreditam ser apenas um tipo de Yoga.

 

De fato ele pode ser todas essas coisas, mas não exclusivamente uma só dessas.

 

Pilates é uma treino para adquirir força e flexibilidade, vendo de forma simples. Você irá fortalecer cada músculo em seu corpo, e com um instrutor qualificado você vai deixá-los muito fortes de uma forma equilibrada, que tudo começa a doer menos e você condicionará o corpo como um todo. Quaisquer problemas posturais ou de lesões específicas relacionadas ao trabalho, ou de sua rotina diária podem ser combatidos com Pilates. A gravidade de lesões cronicas oriunda de seus movimentos podem ser reduzidas.

 

Além disso você vai adquirir força da cabeça aos pés, você vai secar e tonificar os músculos e melhor sua postura. Ocorrendo dor ou lesão grave, ou outras limitações que o impedem de realizar um exercício, que te limite a fazer algum tipo de movimento mas que não te impede de fazer outros, lembre-se que Pilates é um treino personalizado. Dessa forma um instrutor de Pilates pode encontrar um programa que se encaixe na sua situação atual.

 

Você vai perder peso com Pilates? Sim, no entanto, qual seu compromisso com o seu corpo? O que você come, se não é igualmente é mais importante do que o treino que você faz.

 

De fato o Pilates irá melhorar seu condicionamento cardíaco, porém é um treinamento onde a perda de peso não é o seu principal foco. Por isso é recomendado que se o seu principal objetivo seja emagrecer, o Pilates deve ser combinado com uma alimentação adequada e treinos aeróbicas como corrida, caminhada, HiiT ou ginastica.

 

Por último é preciso dizer que se alguém acha que Pilates é uma “modinha” passageira, saiba que essa “modinha” já vem beneficiando as pessoas a quase 100 anos.

 

Eu vejo de perto diariamente esses benefícios em nossos alunos. Eles ficam com os músculos tonificados, sem dores lombares, mais magros, adquirem uma postura correta, passam a dormir melhor, etc… De forma geral você começa a desfrutar mais das suas atividades diárias com menos dores e mais disposição.

 

Nossos clientes com melhores resultados são aqueles que se dedicam visando os benefícios a longo prazo. Eles entendem que o investimento na saúde dos seus corpos é um questão primordial.

 

O essencial na hora de escolher qual atividade física você vai fazer é o seu comprometimento. Afinal é divertido participar de treinamentos novos e agitados. Acompanhar os amigos nesses treinos e seguir a moda fitness do momento é muito legal mas no final do dia tudo isso se vai, e a saúde do seu corpo é o que fica pra vida toda.

Se você deseja conhecer de perto como o Pilates funciona e entender como ele pode te ajudar, acesse AQUI e entre em contato para uma aula experimental gratuita.

 

Um abraço e até mais.

9 Mitos Sobre o Pilates

26 de setembro de 2016

Existem alguns mitos sobre o Pilates que você precisa saber, que talvez te impeçam de começar.

 

Poucas pessoas sabem o que é o Pilates de fato. As pessoas não sabem, por exemplo, que o método começou como um programa de reabilitação para soldados feridos durante a Primeira Guerra Mundial. Não sabem que Joseph Pilates (o criador do Pilates) era um boxeador. Não não percebem que o reforço do grupo muscular  do tronco “core” pode melhorar seu desempenho na pratica de esportes.

A verdade é que Pilates permite que atletas e praticantes de varias atividades com a dança tenham a força do core aumentada, melhor flexibilidade, estabilidade, equilíbrio, postura, alinhamento e coordenação. Infelizmente muitas pessoas vêm o Pilates como uma “modinha”, um alongamento estiloso, exercícios para mulher e idosos, ou “algo para bailarinos.”

 

Vamos neste artigo desmistificar algumas crenças comuns a respeito do Pilates.

 

1º Mito: Pilates foi desenvolvido para dançarinos.

 

pilates-dancarinos

 

Joseph Pilates era um boxeador e ginasta. Suas teorias sobre como o corpo se move foram inicialmente desenvolvidos na Primeira Guerra Mundial em um campo de prisioneiros de guerra, onde ele serviu como um médico. Ele começou a colocar suas teorias em prática, anexando molas às camas de hospital para ajudar a reabilitar soldados feridos.

Hoje em dia os equipamentos de Pilates ainda usam molas para criar resistência. Quando Joseph se mudou para Nova York, dançarinos foram naturalmente atraídos para a sua reabilitação e técnicas preventivas, devido ao elevado número de lesões que eles apresentava. Daí surgiu a ideia que o método foi criado para dançarinos, na verdade foram os primeiro a perceberem os benefícios das series de exercícios de Joseph Pilates.

 

2º Mito: Pilates é uma moda recente.

 

pilates-moda

 

Joseph Pilates desenvolveu pela primeira vez sua filosofia e técnica para o movimento na década de 1920 e 1930, refinando seu método até sua morte em 1967. Mas foi a partir da década de 1990 que o Pilates cresceu em popularidade. As estrelas de Hollywood e celebridades descobriram que os exercícios deixavam seus corpos esguios e tonificados como todos almejavam. Isso proporcionou que o Pilates ganhasse fama mundial.

 

3º Mito: Pilates é só uma palavra chique para alongamento

.

 

pilates-alongamento

 

Pilates é muito mais do que apenas alongamento. Os exercícios desenvolvem força total do corpo e flexibilidade ao mesmo tempo, o que resulta nos músculos longos, magros e fortes de um atleta de alto nível.

A flexibilidade foi uma ideia bastante polemica no início do século 20! Mas Pilates viu que músculos longos e magros eram menos propensos a lesões e dores. Músculos encurtados também puxam a estrutura da coluna vertebral causando dores no pescoço e nas costas.

Joseph Pilates acreditava na eficiência. As técnicas de Pilates constroem força e flexibilidade ao mesmo tempo. Para cada movimento de força, há um de alongamento correspondente. E estes não são seus alongamentos típicos também. Os movimentos criados por Pilates incluem fluidez, alongamentos dinâmicos. A maioria dos novatos no Pilates nem sequer percebem o quanto seus músculos estão encurtados começam a ver (e sentir) os resultados de uma maior flexibilidade.

 

4º Mito: Pilates é como qualquer outro treino abdominal.

 

pilates-abdominal

 

As técnicas de Pilates foram desenvolvidas para construir um core forte, especialmente os  músculos abdominais mais profundos abaixo do “tanquinho” pois são utilizados para a estabilidade. Joseph Pilates acreditava que cada movimento que fazemos é iniciado a partir do centro dos  músculos abdominais. Então, quando os alunos novatos perguntam: “Quais tipos de exercícios abdominais vamos fazer?” a resposta é: “Todos eles”.

Flexões e agachamentos desenvolvem os grandes músculos externos, como o reto abdominal que lhe dá a aparência “barriga tanquinho”. Pilates trabalha não só os músculos superficiais, mas os músculos abdominais mais profundos tambem.

Estes músculos mais profundos, como o Abdominal Transversal, são os que nos permitem ficar de pé. Eles dão estabilidade à coluna vertebral e cintura pélvica – um elemento essencial em atividades do dia-a-dia como abaixar para pegar objetos ou simplesmente para ficar muito tempo sentado.

Muitos exercícios não trabalham os músculos abdominais isolados de forma eficaz. Os atletas que usam seus quadrícipes para realizarem abdominais terão uma surpresa com Pilates. Quando o equipamento de Pilates isola os movimentos dos músculos do abdômen dos músculos do quádriceps, muitas pessoas ficam surpresas ao descobrirem que são incapazes de realizarem os exercícios.

 

5º Mito: Pilates é um conjunto de exercícios especiais.

 

pilates-movimentos-especiais

 

Pilates não é uma mistura de exercícios. Mesmo exercícios específicos que Joseph inventou, como centena de outros, não é considerado Pilates se as técnicas não são utilizados.

Pilates é uma técnica de movimento eficiente, natural e livre de dor.

Os exercícios de Pilates específico do golfe são possíveis porque eles utilizam o método Pilates. É ainda possível treinar alunos de academia hard-core nos levantamentos pesos, utilizando a técnica de Pilates para alcançar resultados melhores e mais seguros.

Pilates afeta a maneira como você se move no seu cotidiano. Ele afeta a maneira de andar, a maneira como você se equilibra, e a sua força ao executar tarefas.

Com a prática, você acabará naturalmente movendo-se usando a técnica do Pilates sem ao meno sequer pensar nisso. Você pode, por exemplo, caminhar em um terreno elevado contraindo o abdômen como se sempre tivesse andado assim. Ao contrair o abdômen você equilibra a coluna e evita dores.

 

6º Mito: Pilates precisa de equipamentos especiais.

 

pilates-equipamentos

 

Os equipamento de Pilates de Studio são construídos para oferecerem resistência aos movimentos, o que traz um avanço mais rápido aos resultados. No entanto, você pode conseguir benefícios semelhantes ao usar uma bola suíça, rolo de espuma, ligas de resistência e um circulo mágico. Existe também a cadeira de Pilates que é bem compacta que da para ter em casa tranquilamente.

 

7º Mito: Pilates não é de fato um treinamento.

 

treinamento-pilates

 

Algumas pessoas mais acostumadas com treinos pesados, relatam que nos primeiros dias se sentem decepcionadas. Pelo fato de não estarem suando e sentindo que não estão evoluindo, pois muito associam a falta de folego com um verdadeiro treinamento.

Mas no decorrer dos dias os alunos vão entendendo o que o método significa, que é a ideia de trabalhar a partir de seu core. Depois de alguns meses é possível sentir-se mais flexível e forte como nunca esteve antes, alem de alguma perda de peso.

Em primeiro lugar a experiencia com o método do Pilates mostra que é preciso reaprender a se mover. Os exercícios iniciais são fáceis pois você precisa preparar sua base de movimentos para os treinos mais difíceis que irão surgir

Em segundo lugar, Pilates não trabalha os músculos até a exaustão. Isto significa que você pode praticar Pilates todos os dias. Pilates concentra-se em  movimentos perfeitos controlados e precisos em vez de repetitivos,  desgastante e que não requerem concentração.

Em terceiro lugar, o Pilates trabalha os músculos mais profundos e grupos musculares mais superficiais. Então você pode de inicio não sentir muita diferença, mas ao longo prazo os resultados são mais significativos.

 

8º Mito: Pilates é igual a Yoga.

 

yoga-pilates

 

Joseph Pilates foi influenciado pelo Yoga, bem como outras atividades físicas, tais como artes marciais, Tai Chi, boxe e ginástica. Assim com Yoga o Pilates desenvolve força e flexibilidade.

Pilates difere de Yoga em muitos aspectos. Na Yoga é preciso manter uma posição. Em Pilates você não costuma ter uma posição, mas sim se mover através dela.

Tradicionalmente, Yoga não enfatiza o fortalecimento do core como no Pilates. Algumas aulas de Yoga contemporâneo que colocam mais ênfase no core provavelmente foram influenciadas pelo Pilates.

O Pilates não veio de uma doutrina espiritual. Muitas pessoas acham que é um grande alívio para o estresse, pois o Pilates requer movimentos concentrados em vez de uma repetição mecânica. Um dos conceitos de Joseph é executar cada movimento com foco e concentração.

 

9º Mito: Pilates não é para homens.

 

pilates-homens

 

A maioria dos praticantes de Pilates são do sexo feminino, isso ocorre porque foi criada a ideia de que é algo feito para mulheres, talvez por conta da suavidade dos movimentos o que normalmente fasta os homens que na maioria preferem atividades mais pesadas. Porem não se engane pra ticar Pilates pode ser tão difícil e pesado quanto se queira.

Os exercícios do Pilates trazem benefícios que servem para todos. No caso dos homens que são atletas ou que praticam esportes como ciclismo o Pilates é excelente para ganho de resistência e prevenção de lesões. Alem disso alivia e até elimina dores nas costas, um beneficio que independe de gênero.

 

Verdade: Pilates vai melhorar a saúde de seu corpo como um todo.

 

antes-depois-pilates

 

Exercitar e manter todas as funções do seu corpo é possível através do Pilates. Músculos fortes e alongados que facilitam a execução de suas atividades diárias.

Com o avanço da idade ações simples se tornam complicadas como apanhar objetos no chão, ficar de pê por muito tempo, calçar os sapatos etc. Sem contar as dores nas costas e joelhos que são típicos depois de um tempo. Por isso é importante trabalhar seu corpo como um todo, não só o crescimento muscular e aeróbico. O ideal é que seu corpo funcione de forma plena.

 

Aproveite e veja 7 benefícios que o Pilates pode te trazer e entenda mais sobre o assunto.

 

Como Joseph Pilates costumava dizer: “Em dez sessões você vai sentir a diferença, em vinte sessões você vai ver a diferença, e em trinta sessões você terá um corpo totalmente novo!”

 

Se você deseja conhecer e sentir toda essa maravilha que o Pilates pode te oferecer venha marcar uma Aula Experimental Grátis conosco. Clique aqui e se cadastre para marcarmos um horário ideal para você.

Tudo de bom e ate a próxima.

7 Benefícios do Pilates

15 de setembro de 2016

Saiba que o  Pilates pode realmente fazer muita diferença na saúde do seu corpo sem desgastá-lo.

Conheça 7 benefícios que a prática do Pilates pode oferecer.

 

1 – Restauração de Mente e Corpo.

Ao focar na respiração adequada, postura correta, alinhamento pélvico, concentração e movimentos suaves flui, você entra em sintonia com seu corpo. Desta forma aprende de fato a controlar seus movimentos.

No Pilates a qualidade do movimento é valorizado em detrimento da quantidade de repetições. A respiração correta é essencial, e ajuda você a executar os movimentos com máxima potência e eficiência. Por último, mas não menos importante, aprender a respirar corretamente pode reduzir o estresse.

 

2 – Desenvolvimento Do Tronco (Core) – Músculos Fortes No Abdômen e Costas.

Pilates é excelente para desenvolver o core do corpo. O core é constituído dos músculos abdominais, juntamente com os músculos mais próximos da coluna vertebral. O desenvolvimento do core se da através da integração do tronco, pélvis e da cintura escapular.

 

3 – Ganhar, músculos e flexibilidade

A maioria dos exercícios convencionais são series de levantamento de peso e tendem a construir músculos curtos e volumosos – o tipo mais propenso a lesões. O Pilates fortalece e alonga, melhorando a elasticidade muscular e mobilidade articular. Um corpo com força equilibrada e flexibilidade é menos propenso a lesões.

 

4 – Criar um corpo uniformemente condicionado, melhorar o desempenho desportivo, e prevenir lesões.

Como dito anteriormente, muitos exercícios convencionais tendem a trabalhar os mesmos músculos. Isto leva os músculos fracos a ficarem cada vez mais fracos e os fortes cada vez mais fortes. O resultado é um desequilíbrio muscular – a principal causa de lesões e dor crônica nas costas.

O Pilates condiciona todo o corpo, até os tornozelos e pés. Nenhum grupo muscular é mais treinados ou menos treinado, toda a sua musculatura está equilibrada e condicionada, ajudando você a desfrutar de atividades diárias e esportes com maior facilidade, melhor desempenho e menos chance de lesão. É por isso que tantas equipes esportivas profissionais e atletas de elite atualmente fazem Pilates como uma parte principal do seu regime de treinamento.

 

5 – Aprender a se mover de forma eficiente.

Os exercícios de Pilates treinam vários grupos musculares ao mesmo tempo em movimentos contínuos e suaves. Ao desenvolver uma rotina adequada, você pode condicionar seu corpo a mover-se em padrões mais seguros e eficientes do que antes. Isso tem um valor inestimável para a recuperação de uma lesão, o desempenho desportivo, boa postura e saúde plena.

 

6 – É suave…

Muitos dos exercícios são realizados em posições reclinadas ou sentadas, e a maioria são de baixo impacto e parcialmente de sustentação de peso. Pilates é muito seguro. Ele é usado também em instalações de fisioterapia para reabilitar lesões.

 

7 – Mas também é um desafio…

Pilates é também um sistema de exercício extremamente flexível. Algumas modificações nos exercícios permitem uma gama de dificuldades que vão desde o básico ao avançado. É possível obter o treino que melhor combina com você, e ir aumentando a intensidade conforme o condicionamento do corpo melhora.

 

Experimente!

Novato(a) no universo do Pilates e querendo saber como começar? Visite nossas páginas de Inscrição para uma Aula Experimental  para marcarmos um dia e horário adequado para a que a equipe Art Pilates Belém você tirar suas dúvidas e conhecer os benefícios que o Pilates pode trazer para sua vida.

 

Estamos lhe aguardando. Um abraço!

Newsletter

Studio Updates & New Timetables Weekly

Start a Conversation

Hi! Click one of our member below to chat on Whatsapp

Roselma

Ola

online

Entre em Contato